HIPNOSE ERICKSONIANA

 

Premissas da Hipnose Ericksoniana: Como utilizar no processo terapêutico

Breve… Efetiva… Duradoura

Betty Alice Erickson, filha de Milton Erickson, (treinada no colo de seu pai) juntamente com Stephen Paul Adler, em 1990, introduziu oficialmente a Hipnose Ericksoniana na Guatemala em um workshop introdutório. Abaixo, você encontra a perspectiva dela na interpretação do contexto e das estratégias Ericksonianas.

1. São os sentimentos que realmente importam. Os sentimentos frequentemente são mais poderosos do que o intelecto.
2. As crenças são construídas sobre os sentimentos.
3. Respostas e comportamentos são, com frequência, construídos sobre os sentimentos.
4. Nós defendemos nossos sentimentos de forma apaixonada.
5. Os sentimentos não são necessariamente congruentes com a realidade. Geralmente isso não faz diferença. Quando os sentimentos afetam os comportamentos e respostas de forma negativa, problemas se desenvolvem.
6. Tudo que nós somos, exceto nosso corpo físico, é aprendido a partir das experiências. O fogo é quente, sorvete é gostoso – o mundo é amigável ou inamistoso. Crenças, comportamentos e respostas são construídos sobre as experiências internas aprendidas.
7. A maioria das pessoas quer viver uma vida boa e produtiva. O propósito da terapia, da formação dada pelos pais ou do ensino, é ajudar as pessoas a alcançarem metas produtivas e saudáveis.
8. O propósito mais elevado dos relacionamentos é que cada pessoa se torne mais sábia e melhor.
9. Cada pessoa tem dentro de si os recursos necessários para alcançar produtivamente metas saudáveis.
10. A melhor terapia ou ensino é expandir a habilidade da outra pessoa em recuperar aqueles recursos e qualidades.
11. O medo, real ou imaginário, é uma das maiores limitações que as pessoas têm.
12. O amor e o humor são instrumentos poderosos para mudanças produtivas – mudanças nas experiências interiores aprendidas que mudam as perspectivas, os comportamentos e as respostas.

 

© ACT Institute 2011-2016. Todos os direitos reservados